E-mail Marketing

Vender na internet não é uma tarefa fácil independentemente do produto ou serviço que está se comercializando, o fato de não existir o contato pessoal e interação vendedor/cliente, muitas vezes a conversão torna-se próximo a zero.

É normal sites que trabalham com vendas de produtos terem a taxa de conversão de visitas em clientes bem abaixo de 1%, e o motivo principal disso é a falta de relacionamento com o cliente.

email_marketingEu por muito tempo enxerguei o e-mail marketing como um nome mais chique para SPAM, e fechei os olhos para todo potencial que essa fantástica ferramenta pode nos proporcionar em vendas e conversão.

O E-mail marketing possibilita que se crie um relacionamento com suas leads (e-mails de clientes captados pelo seu site) e isso diretamente gera retorno em vendas. Existem estudos de caso em sites que tinham conversão de venda de produtos abaixo de 1% de suas visitas, e os mesmos conseguem atingir marcas de 30% de conversão usando o e-mail marketing como arma nas vendas.

E-mail marketing não é SPAM

O e-mail marketing consiste na captação do e-mail de seu vistante com o consentimento dele, se utilizando de uma caixa de texto para captação.

Esse ato difere-se de SPAM, que consiste no envio de e-mails para listas que normalmente foram compradas ou capturadas através de programas spyder na internet. Essa técnica definitivamente não funciona, por que:

  • Não é possível criar relacionamento com listas compradas
  • Usuários que recebem mensagens não solicitadas normalmente marcam a mesma como spam
  • Listas compradas ou capturadas possuem altos índices de e-mails com erros
  • Listas compradas possuem spamtraps (e-mails que servem como iscas para identificar spammers) que irão destruir a reputação do seu servidor de e-mails.

Quando seu servidor de e-mails entra para uma lista negra, seja pelo alto índice de e-mails inválidos, usuários marcando as mensagens como spam ou por conter spamtraps, os outros destinatários param de receber suas mensagens e nenhuma venda será convertida.

Como fazer e-mail marketing de verdade?

Escolha bem a empresa que fará o E-mail Marketing

VPS-email-marketingDizem que o melhor investimento que você pode fazer é escolher uma empresa de qualidade para gerir suas listas de e-mail marketing.

Uma empresa de pouca qualidade pode por fim a todo trabalho de captação de e-mails e relacionamento, já que seus e-mails simplesmente não chegam para seus destinatários.

Procure sempre empresas que:

  • Não aceitem importação de listas de e-mail (isso garante que você não irá compartilhar um servidor com um spammer)
  • Que obriguem seus usuários a trabalhar com confirmação de e-mails (double-opt-in) para captação dos e-mails. Isso impede que e-mails inválidos façam partes das listas
  • Procure saber do suporte que terá em caso de problemas

Inicie a captação de e-mails em seu site / blog

Para se aumentar a conversão na captação de e-mails (visitantes que colocam o e-mail no formulário de captação), utiliza-se as chamadas iscas digitais, que são bônus preparados exclusivamente para que o usuário se sinta encorajado a lhe fornecer seu endereço eletrônico. Elas podem ser ebooks (livros digitais), informação valiosa, curso express, vídeo aulas, etc.

A isca digital irá definir o tipo de público que você tem na sua lista, para que assim possa se relacionar com ela de acordo com seu interesse. Por exemplo: Se fornecer como isca um guia dos melhores lugares para mergulho no Brasil, você estará captando e-mails de pessoas interessadas em mergulho. Um detalhe muito importante também é que a isca tenha alguma relação com o conteúdo de seu site ou blog. Isso também aumentará a conversão.

Relacionamento resulta em venda

Os sistemas atuais de e-mail marketing possuem um recurso chamado de autoresponders. Essa ferramenta consiste na possibilidade de programar a entrega de e-mails de acordo com condições que colocamos em sua configuração.

Ela garante que os usuários de nossa lista irão receber os e-mails que preparamos na ordem que desejamos, para que assim possamos ir estreitando relação até que seja gerado confiança, para uma possível venda posterior.

Na prática, podemos configurar por exemplo 7 e-mails pré-programados. O primeiro para ser enviado assim que o usuário deixa seu e-mails, o segundo 3 dias depois, o terceiro 5 dias depois do segundo, e assim por diante.

E-mails com conteúdo de qualidade (dicas, informações, ideias, conversa) que realmente ajudem seu “cliente”, geram o sentimento da reciprocidade e irão estreitar a relação entre você e a sua lista, tornando uma venda futura muito mais possível de acontecer.

Normalmente se aconselha que se tenha 5 contatos de qualidade antes de tentar qualquer venda. Essa é uma receita e não uma regra para todos os segmentos. O ideal é testar.

O e-mail marketing bem feito pode gerar resultados fantásticos e tem sido uma aposta de muitas empresas que estão antenadas com as técnicas de marketing atual.

Quando entrevistamos pessoas que atualmente utilizam a ferramenta de e-mail marketing em seus negócios e perguntamos um conselho para as pessoas que desejam crescer uma empresa ou negócio, normalmente a resposta é: Se ainda não tem uma lista, comece agora mesmo a cria-la.

E você, o quer acha do e-mail marketing? Já começou a criar a sua lista? Não esqueça, o dinheiro está na lista.